Procuradoria do Trabalho quer mediar negociações entre sindicatos para evitar greve de ônibus

Publicado: maio 13, 2010 em Sem categoria

Agentes de trânsito em passeata pelas ruas do Centro

Notas

Greve de ônibus
A Procuradoria do Trabalho vai mediar as negociações entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário e o sindicato patronal (SET), hoje, às 15h, na sede da procuradoria, com o objetivo de estabelecer um acordo entre as categorias o que evitaria um movimento paredista de motoristas, cobradores e fiscais de ônibus da capital.

Greve de ônibus II
Mesmo com a reunião agendada, o sindicato dos trabalhadores mantém greve para a próxima segunda-feira, por tempo indeterminado. Dorival Silva, presidente do sindicato, disse que não houve contra-proposta do SET desde a última reunião, realizada na emana passada.

Greve agentes de trânsito
Mesmo após decisão liminar do desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, do Tribunal de Justiça do Maranhão, que deferiu tutela antecipada de Ação Civil Pública, pela ilegalidade e suspensão da greve dos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e da Guarda Municipal, as categorias continuam de braços cruzados.

Greve agentes de trânsito II
Como as categorias desrespeitaram a decisão liminar (cabe ainda a decisão meritória) da Justiça, os grevistas estão sujeitos a pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. Em seu parecer, o desembargador havia determinado que os trabalhadores voltassem de imediato as suas atividades.

Greve agentes de trânsito III
A polêmica relacionada à pane no sistema semafórico da capital na segunda-feira, dia em que começou a greve dos agentes, está longe de acabar. Além de um inquérito policial de investigação, a SMTT também abriu investigações administrativas, podendo punir com exoneração caso algum servidor seja incriminado.

Greve agentes de trânsito IV
Há cerca de 30 minutos, uma comissão do Sindicato dos Agentes de Trânsito de São Luís (Sindtrânsito) entregou à Delegacia de Investigações Criminais (Deic), documento onde a categoria alega falta de acesso aos controladores manipulados na segunda-feira.

Assembléia
A deputada estadual Helena Barros Heluy (PT) criticou veementemente hoje, na bancada da Assembléia Legislativa, a falta de deputados para a discussão de assuntos da casa.

Em breve, mais informações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s