Polícia esclarece transferência de presos

Publicado: novembro 10, 2010 em Geral
Tags:, , , , , , ,

A polícia esclareceu que os três presos que ficaram em São Luís e permanecem no Comando Geral da Polícia Militar, não são  Marinaldo Assunção Roxo, conhecido como Cerequinha; Nilson da Silva Sousa, o Diferente, e Rone Lopes da Silva, o Roney Boy, apontados como líderes da rebelião ocorrida no Anexo do Presídio São Luís.

Os detentos que continuam em São Luís, na verdade, fizeram parte do núcleo que liderou o movimento. Dentre eles, está um índio Guajajara, apontado como o mentor e executor da barbárie que teve como objetivo, decapitar três presos.

De acordo com a polícia, a transferência dos 20 detentos foi feita por policiais da Força Nacional de Segurança (FNS), encaminhados ao Maranhão pelo Ministério da Justiça (MJ).

Todos os presos que embarcaram são considerados de alta periculosidade e, alguns deles, já estavam em trâmite processual para que a transferência fosse feita. Segundo o secretário de Segurança, Aluísio Mendes, a decisão faz parte do conjunto de decisões que estão sendo tomadas por conta da rebelião.

Mais informações em breve…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s