Albinos montam time de futebol para escapar de morte na África

Publicado: janeiro 6, 2011 em Geral
Tags:, , , ,

 

Albinos treinam na África - foto: Agência AP

Do G1 – Um grupo de albinos resolveu apostar no esporte mais popular do planeta para colocar um ponto final no rol de tradições brutais que ainda sobrevive em certas regiões da África Oriental. Em algumas áreas rurais de países como Tanzânia e Burundi, albinos são caçados e têm o corpo retalhado para ser vendido aos fornecedores de produtos para mandingas. As partes mais valorizadas podem atingir até US$ 5 mil.

– Muitas pessoas acreditam que você pode se tornar rico com partes do corpo de um albino. Algumas crenças partem do pressuposto que cortar ou matar não é crime, porque os albinos são insignificantes, não são humanos – explicou Ernest Kimaya, presidente da Sociedade dos Albinos da Tanzânia.

Existem outras tradições e mitos lamentáveis envolvendo albinos.

– Há pescadores que seguem uma tradição macabra. Eles acreditam que você pode pegar mais peixes se carregar cabelos de um albino na proa do barco. Então, também é comum ver albinos serem escalpelados (Rasgar ou dissecar com o auxílio de um escalpelo, de um bisturi: escalpelar um cadáver/animal – Tirar o couro cabeludo de) – contou Roberto Bíscaro, doutor em literatura e editor do blog “Albino incoerente”, que luta pelos direitos dos albinos no Brasil.

O que é o albinismo?

O albinismo é transmitido geneticamente. Trata-se de uma deficiência na produção de melanina, o pigmento que dá cor a todo o nosso corpo. Os portadores da deficiência têm a pele pálida e vulnerável ao câncer, cabelos muito finos e dificuldade para enxergar, com olhos muito sensíveis à luz.

Surge o “Albino United”

Nos últimos cinco anos, 75 albinos foram mortos na Tanzânia. Outros 200 tiveram partes de seus corpos amputadas. Já existe ao menos um caso de ataque a albinos documentado em 2011. No meio dessa tormenta, um empresário da cidade de Dar es Salaam teve uma idéia inusitada: montar um time de albinos. A agremiação inovadora ganhou o nome de “Albino United”.

– Eu criei o time depois de uma série de assassinatos. Pensei: se tivéssemos uma equipe de futebol de albinos, poderíamos mostrar que eles são pessoas normais, como eu e você. O futebol é um meio interessante para passar mensagens, porque o mundo inteiro ama futebol, e presta atenção no que vem dos campos.

Os 40 milhões de habitantes da Tanzânia estão divididos em mais de 130 tribos, muitas delas apegadas a antigas tradições. Será que um simples time de futebol pode mudar uma realidade tão complexa? Como um time de albinos pode combater tanto terror?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s