A polícia que mata no Maranhão

Publicado: novembro 2, 2011 em Geral
Tags:, , ,

Ontem, mostrei nesse espaço, estarrecido, como ocorreu o assassinato do mestre de obras José Ribamar Vieira Batista, de 45 anos, que morava na Cidade Operária. É bem verdade que nada justifica o golpe que ele tentou dar em um posto de combustível, quando saiu sem pagar pelos 3 litros de gasolina que havia solicitado. Uma pequena quantia de R$ 10,00.

No entanto, matar friamente um homem por motivo fútil, é absurdo. Como já havíamos suspeitado, diante da falta de credibilidade da polícia que mata cada vez mais no Maranhão, a versão dos militares é contraditória e insustentável. Parece não ter sido apenas para o Comandante Metropolitano de Policiamento, o senhor Jeferson Teles, que mais uma vez foi para os microfones defender os seus. Disse, olha só, que a motivação dos 5 disparos, e não 2 como alegaram os PMs, foi autodefesa. Balela. Todos sabemos que não foi. Há testemunhas, inclusive.

Primeiro os policiais alegaram que após colidir frontalmente em uma caçamba – e realmente a parte frontal do carro da vítima está bastante avariado – ele atropelou um policial que estava sobre uma motocicleta. Mentira. Não há policial ferido. Muito menos, a parte traseira do carro, avariado.  A motocicleta também não apresenta qualquer marca de batida.

Depois, alegaram os assassinos que o homem saiu do carro empunhando facões, ameaçando os policiais. Outra mentira. Operários de um empreendimento situado ao lado da Potiguar, na Forquilha, onde aconteceu a execução, afirmaram que o homem sequer saiu do veículo. Foi alvejado à queima-roupa, sem esboçar reação. Covardes.

Terceira mentira: na delegacia, os policiais afirmaram que atiraram apenas duas vezes. Um dos tiros teria como direção o braço da vítima. A perícia mostra marca de pelo menos cinco disparos.

Vale ressaltar que os operários afirmaram à família, que antes de prestarem socorro à vítima ou de acionar reforço, os policiais modificaram a cena do crime. Retiraram o veículo do local.

É dessa polícia que não precisamos. Bandidos, assassinos e mentirosos. Frios. Mataram a troco de nada, um homem que poderia ter sido apenas preso e levado para responder pelo seu ato.

Somente esse ano já noticiamos o envolvimento de policiais em roubo de carro, trafico de drogas, assassinatos, milícias no Coroadinho, arrombamentos e até em crimes de seqüestro e extorsão contra empresários. O último fato, apenas apresenta a rotina que tem sido desenvolvida no Maranhão. Nada acontecerá aos assassinos.

comentários
  1. Roberto Batista disse:

    Obrigado, Ronaldo.
    Finalmente alguém realmente parou para apurar os fatos antes de sair por ai formando opinião!
    Bom caros amigos… é muito fácil julgar sem saber de nada.
    Ele não era bandido era um pai de familia… trabalhador e cumpridor dos seus deveres como cidadão, tinha casa própria. Hoje se tem certeza que ouve excesso da “policia” sim… e outra coisa a historia dele ter saindo sem pagar, não foi confirmada, por enquanto é só especulação da policia. Ele tinha dinheiro no bolso e cartões de credito, comprou o carro a pouco mais de vinte dias para trabalhar.
    Mais de 15 pessoas no local afirmaram que ele foi morto dentro do carro sem esboçar nenhuma reação contra os policias, executado pela janela do carro a sangue frio pelo policial que teria caído da moto.
    Mais se mesmo assim insistirem em julgar.
    Ele é tão ladrão ou bandido como a mãe e o pai de vocês!
    Hoje foi ele, amanhã pode ser alguém da sua família… quando tudo for esclarecido vocês morderão a língua.
    Obs: Ele foi morto por um policial que pensa como vocês! (atirar primeiro e perguntam depois).

  2. LARISSA disse:

    COMO JORNALISTA QUE VC DIZ SER, DEVERIA CONTER SUAS PALAVRAS, VC ESTÁ AFIRMANDO ALGO QUE ALÉM DE NÃO SER VERDADE INFLUÊNCIA O ÓDIO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s